Metade

Portrait of Gisela von Wehner, 1908 – Albert von Keller   por Ricardo Terto Encontrei Débora no meio da tarde, de costas, com a cabeça virada e olhando praticamente pra mim. Boca vermelha, tatuagem de cruz abaixo do pescoço, marca de biquíni na bunda exposta. Débora anunciava em silêncio a “cabine privativa” do Cine Saci. […]

Para L.

Nu couche, 1917 – Amedeo Modigliani   por Adriana Gehlen Escrever não faz mais o menor sentido pra mim, talvez a causa seja essa invasão de objetividade avassaladora dos últimos anos, mas senti a necessidade de te escrever essa carta porque sei que gostas das minhas felicidades passageiras. Conheci Filipe na internet. Conversamos ao longo […]

A amante

A amante por Sandra Werneck Assim que a noite caiu na aldeia que beirava o rio, Manuelina não esperou a terra esfriar do calor do dia: ela se agachou, estendendo seu corpo rente ao chão, encostando a cabeça no solo para ouvir suas entranhas, sem se importar com o olhar do marido que se embalava na […]

Karaokê

Karaokê por Paloma Franca Amorim Hoy mi playa se viste de amargura Porque tu barca tiene que partir A cruzar otros mares de locura Cuida que no naufrague en tu vivir                                                              Ao subir a lânguida escadaria da casa de dois andares espremida entre uma loja de doces e uma pizzaria, eu pude ouvir […]

Um terço da banheira

Um terço da banheira por Maíla Sandoval Olhei pra cima e vi meu corpo esparramado no espelho, logo lembrei que ontem comi metade do queijo light de meio quilo que tava na promoção. Meu estômago tá pesado até agora. Comi o queijo light e agora minha bunda esparramou pelo colchão porque meu estômago continua pesado. […]

O nascimento da necrófila

por Ramos Flã Um dia, por telefone, a mulher recebe a notícia. Morte rápida, a do marido, parece que no trabalho – e ela andava desconfiada que um dia aquele emprego ainda ia matá-lo! Já para ele não importava o estresse do presente, sonhava mesmo era com um futuro mais tranquilo… Parece que agora não […]

Fazendo o serviço bem feito

por Andri Carvão ELE – e aí? tudo bem? ELA – tudo. e você? ELE – melhor agora! ELA [“humm!”, pensou.] – quanto tempo você tem de empresa? ELE – sete anos. e você? ELA – três. ELE – ah, calça branca ainda. um feto! [risos] ELA – posso te fazer uma pergunta? ELE – […]

Encruzilhada

por Gilvan Irineu Comecei com um beijo em sua mão, deixando um pouquinho de minha saliva ébria em seu pulso com cheiro de Rosa priprioca. Aquele maldito cheiro de erva me deixava de pau duro por uma semana. Analisei cada centímetro de seus 1,50 metros: era uma mulher com curvas safadas e desejos estranhos. Ela […]

Vermelho tomate

por Neno Moura Tinha alguma coisa que meu sinal capturou. Acho que era poesia. Não sentia isso por qualquer mulher. Ali tinha um frescor, a anunciação de algo quente e novo. Certos ares de fora, como uma carta repleta de novidades remetida de um mundo moderno para uma província atrasada. Tinha um desejo real por […]

Confissões

por Genio Nascimento Um dia, acho que teremos intimidade ou estaremos bêbados o suficiente pra eu te contar detalhes da minha vida. Vou te contar, por exemplo, que meu primeiro beijo foi uma aposta que a menina perdeu para as amigas. Que fiquei feliz até descobrir que eu era a punição. Que minha primeira vez […]