Sem título


Part of De Figuris Veneris: A Manual of Classical Erotica, 1906 – Édouard-Henri Avril

 

por Renan Porto

Pessoalmente,
quando a gente
se encontrar
quero te ler
com tato, olfato
& paladar
Quero te ter
o trato o cuidado
ao te tocar
e descansar
face a face
ao teu olhar
O teu olhar
a óbice da
vórtice do
coração
que de tão
forte bate
corre logo
à audição
O ouvido
o grito
olvida
ainda
que alto
mais alto finda
o silêncio do palmo
entre o lábio e a pele o vão
O toque o cheiro
o beijo no seio
perto do coração
Da barriga a ida
ao ponto louco
do tesão
Na boca o vácuo
a oca o hálito
quente & rente
ao grelo frente
a erupção
O pênis e o rito
de friccionar o atrito
até o ponto tido
além de todo
o sentido
que pode o corpo
a sensação